segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

OS DONOS DO EURO




Melhor seria abolir a crise imposta pelos donos do euro 
mas perante o saque intolerável - a preparação para um possível desastre, mesmo contra o delírio dos que mais têm a perder - não é uma leviandade dos pobres.

 

8 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Raramente tenho certezas
e frequentemente me engano
mas tenho cá um palpite
de que vai ser este ano

lembras-te do susto de que falava Saramago?

anamar disse...

Gosto.

Beijinho

Anónimo disse...

Quanto mais tarde pior será...
Cumps

Majo disse...

~
~ ~ Muito bem observado, EF. ~ ~
.

Maria Luisa Adães disse...

E o tempo passa
e as coisas continuam más
e tudo se cala
como uma ameaça!

Maria luísa

© Piedade Araújo Sol disse...

tempos conturbados e maus...

:(

heretico disse...

que o ânimo não lhes falte nunca - nem a solidariedade...

abraço

GL disse...

Quando até a esperança matam o que resta?
Que a coragem seja premiada, que os cobardes se cubram de vergonha.

Abraço.