sexta-feira, 17 de outubro de 2014

A HIPOCRISIA DOS SACOS PLÁSTICOS




As despesas com os gabinetes dos ministérios sobe ao nível da chamada carga verde, isto é - com estas duas cargas - o desgoverno "equilibra" o binómio despesa/receita em nome da hipocrisia dos sacos plásticos, do álcool (excepto o vinho) e dos pobres fumadores, que um dia, mesmo nas esplanadas só poderão fumar um cigarrinho - com receita médica. 



 

11 comentários:

Graça Sampaio disse...

Completamente de acordo com cada uma das palavras!!

Maria Eu disse...

Matam-nos de tanto nos protegerem a saúde!!

Beijinhos Marianos, Puma! :)

Majo disse...

~
~ ~ Grande farsa hipócrita, sim senhor!

~ ~ ~ ~ Bom fim de semana. ~ ~ ~ ~

Rogerio G. V. Pereira disse...

De joelhos
Abençoando os impostos verdes

apodrecem, esses maduros

Rogerio G. V. Pereira disse...

De joelhos
Abençoando os impostos verdes

apodrecem, esses maduros

jrd disse...

A hipocrisia de um governo de plástico.

lino disse...

Um desgoverno ultra-fundamentalista!
Abraço

Obtuso disse...

...a canabis não precisa receita...e já é mais barata que o cigarrito...

heretico disse...

o Coelho tirou da cartola o "fundamentalismo orçamental", mas "não tem cara" para apresenta em Bruxelas uma insignificante redução de impostos...

se o homem não tem cara, que esperas que tenha?

(um dia deste a barraca vai abaixo - tu o dizes!)

abraço, meu irmão.

anamar disse...

Mas, senhor, a hipocrisia é enorme e os sacos plásticos uma praga...

.(

EU disse...

Hipocrisia? Um descaramento absoluto...
(Procurei no meu léxico um nome mais adequado. Não encontrei...)