segunda-feira, 9 de agosto de 2010

FESTAS DO BARRETE VERDE E DAS SALINAS




Dinossauro e sagitário me confesso.
Não sou aficionado mas aprecio a ousadia dos forcados
a nobreza do touro
a destreza do cavalo
e até - pasme-se - a irracioalidade das plateias.

Touradas já bastam as patrocinadas pelo governo da nação.

Talvez por tudo isto recomende tão só

as Festas do Barrete Verde e das Salinas
em Alcochete

10 comentários:

smvasconcelos disse...

Não, touradas nem no país nem noutras arenas...:(
bjs

Isa GT disse...

Touradas, dispenso todas ;)

Bjos

opolidor disse...

os forcados sim, gosto de ver, luta pura entre animais...

Rogério Pereira disse...

Veja-se!
Pasme-se!
Um Puma a gostar que touro sofra...
... com nobreza!

O Puma disse...

MEU CARO ROGÉRIO

a sua leitura
não corresponde à do puma

Abraço

Rogério Pereira disse...

Pois é!
Leituras apressadas,
dão nisto:
interpretações maradas!

As minhas desculpas...

Abraço

J.S. Teixeira disse...

Vejam como se desmascara facilmente a hipocrisia do Partido Socialista e dos seus mais "destacados" militantes no blogue O Flamingo.

Tenho dito.

Irlando disse...

Será,que haverá forcados para tantos bois

antónio m p disse...

A nobreza das vítimas, dos torturados - mesmo se animais - não dá legitimidade à tortura nem aos torturadores, estimado Puma.

Já concordo com o direito do indivíduo à expressão da sua irracionalidade - que seria das paixões sem isso? - desde que não violentem ninguém. Porque não se pegam uns aos outros, os forcado, por exemplo?

Com a melhor consideração. AMP

jrd disse...

(Os meus comentários não entram)

Há mais Alcochete para além do Freeport.