quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

LISBOA - UM CORPO COM DUAS MARGENS


San Taylor Wood





Com a construção anunciada pelo primeiro ministro


a nova ponte Chelas-Barreiro (rodo-ferroviária) e o novo


aeroporto em Alcochete,Lisboa deixará definitivamente


de ser um arredor da península de Setúbal.


Lisboa será um corpo,com duas margens.




4 comentários:

herético disse...

e que margens!!!!

bettips disse...

Uma ideia diferente e bem imaginada, a tua.
Sim, há vigilantes da memória. Quem não viveu a falta da liberdade, não lhe sente o abraço.
Obg

SILÊNCIO CULPADO disse...

E nós seremos duas margens sem corpo.
Esvaziados de direitos, de condições e de sobrevivência para pagarmos essas construções.
Um abraço

jrd disse...

Menina e moça.Veremos se não se torna violenta porque, quer-me parecer,as ditas margens (violentas) estão a preparar-se para a comprimir.