segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

SALÁRIO MÍNIMO DE MISÉRIA

Parece ganhar força na opinião pública a ideia falaciosa de Sócrates ser lider



em vez de chefe - isto é - um homem forte no poder da maioria esmagadora



que domina e é aceite por isso.





É preocupante que se comece a considerar Sócrates - impoluto e à margem



de uma tribo ministerial incompetente,arrogante e renovável.



Alguns ilustres comentadores até já dizem que o homem ainda não desceu à terra

- colocando-o no céu - pai natal que dá prendas boas e nada tem com

o desastre das políticas que hoje anunciam mais um salário mínimo de miséria.

3 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Junto o meu sentir ao teu sentir mas, infelizmente, não se adivinha um futuro promissor.
Que as nossas vozes não se calem e os alertas não se percam.

Monte Cristo disse...

O homem não é líder, nem chefe, nem engenheiro.

O homem é Sua Excelência o Senhor Presidente do Conselho de Ministros, e pode ser designado por apenas dos letras, como disse alguém: SS (de Sócratas e de «socialista»).

herético disse...

abraços. não posso estar mais de acordo...