sábado, 1 de dezembro de 2007

LOBOS ATACAM PODER LOCAL

EIS O BLOCO CENTRAL




Num país que sempre reconheceu e elogiou os méritos do poder local


democrático como sendo dos melhores cravos de abril e hoje dos últimos cravos


ainda de pé, em pleno exercício na gestão participada,partilhada e fiscalizada


da "coisa pública" - o governo da maioria esmagadora em jogo de bastidores


com os arrependidos de Sá Carneiro,cozinham uma nova lei para as autarquias


locais em nome do liberalismo e da concentração de poderes.


A comissão parlamentar na assembleia da república está preterida e até os


grupos parlamentares dos predadores se lamentam do exercício das cúpulas.


A farsa está a ser representada em segredo.


Em prejuizo do país e do regime democrático os lobos unidos,pretendem


bipolarizar políticamente a vida nacional,governamentalizar o poder local


desinteressar as populações,aniquilar as oposições.


Num país como o nosso que não sebe o que é alternativa de políticas


no poder,pretendem agora - os lobos - e a tribo tartufa dos chefes em parceria


que a alternancia - não a alternativa - fique registada para sempre.


Os lobos tentam caçar o poder local - coisificar o regime.


É urgente dar caça aos lobos.


2 comentários:

herético disse...

abraço. abraço.

assino por baixo.

Monte Cristo disse...

Não são lobos. Tal como os pumas, os lobos são animais nobres - como todos os animais, aliás, excluindo os humanos.

Claro que se trata de uma metáfora, como metáfora é eu dizer que nos estamos a referir a bestas, já que bestas acabamos por ser nós, que os sustentamos e mantemos no poder.

Para não me perder nestes labirintos metafóricos, fica um apelo: gritemos, denunciando mais este ataque pérfido à democracia e aos cravos (mais uma metáfora).

Abaixo a ditadura dos instalados! Abaixo os comilões que, por via legal, querem o monopólio do poder e das suas mordomias.