terça-feira, 3 de abril de 2018

CULTURA SEMPRE PARENTE POBRE





A chamada "realidade evolutiva" de apoio às artes está a gerar disfunções no "modelo" protagonizado pelo poder central. 
Não se cumprem os objectivos dos profissionais nas várias disciplinas culturais. 

Quando um poder central se arrepia no apoio aos construtores de cultura, está a minar os alicerces da democracia



4 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Há várias disfunções em questão
para os que começam
para os que (há muito) estão

O melhor é provocar Centeno
pois tenho centenas de coisas
relacionadas com os tais alicerces
que bem referes

Olinda Melo disse...


A cultura é dos suportes mais importantes na liberdade de um povo.
Haja apoio na Cultura e em todas as sua vertentes!

Abraço

Olinda

Majo Dutra disse...

Não concordo com a citação de Lobo A.
Será um dos eeus plágios disfarçados...
Até Riccardo Muti disse algo semelhante.
É de todo lamentável a falta de apoio à
cultura, não só na vertente financeira,
como no incentivo e carinho.

maceta disse...

É curioso saber da dificuldades na atribuição de verbas adequadas à cultura quando o devaneio e o descaramento é muito nas vigarices.