terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

DESCENTRALIZAR O PODER É URGENTE




Descentralizar o poder central, regionalizar o país, sempre foram bandeiras das autarquias locais - mas descentralizar competências sem meios financeiros, ou descentralizar a esmo, sem critério fundamentado, pode significar a alienação irresponsável dos ministérios, o estrangulamento do poder local em prejuízo das populações. 
Com eleições à vista será importante os autarcas não cegarem perante mais poderes a qualquer preço. 
Já dissolveram Freguesias - não se queira criar condições para dissolver Municípios. 
Descentralizar e regionalizar o país é preciso. 


2 comentários:

Zé Povinho disse...

Preocupa-me a tendência da desresponsabilização do Estado central...
Abraço do Zé

Rogerio G. V. Pereira disse...

Isso!

Foi esse, exactamente, o tema
que coloquei em cima da mesa

(e tão depressa não o retirarei de cima dela)