sexta-feira, 30 de setembro de 2016

NATO INSTRUMENTO DE AGRESSÃO





A Nato sempre foi um instrumento de agressão ao serviço dos fazedores de guerras.
Guterres tem todas as condições para ser um chefe adocicado das grandes potências, 
mas por cá o país assiste à sua candidatura como quem vai à raspadinha. 
Uma coisa parece evidente - o mundo continua marginal e poluído nas instituições ditas democráticas.
Como sempre - mas hoje ainda mais pelos olhos adentro.
Se Guterres não fosse um tuga por cá a malta distraída nem falava da coisa. 


5 comentários:

Olinda Melo disse...


Pobre democracia, andas pela rua da amargura!

Abraço

Olinda

jrd disse...

Não sei se a alternativa a Guterres é flor que se cheire. Sei que a ONU não é um jardim.

anamar disse...

Passo a deixar um abraço.

Ana

Rogerio G. V. Pereira disse...

Mesmo assim, pouca malta
dessa coisa fala

A audiência do telejornal
é marginal

Teresa Durães disse...

E Guterrez é Opus Day?