segunda-feira, 18 de abril de 2016

A GOLPADA AINDA VAI NO ADRO




Foi confrangedor assistir aos depoimentos dos deputados apoiantes do golpe no Brasil, a utilizarem o tempo de antena, não para fundamentarem o seu desgraçado voto mas para enviarem beijinhos às mulheres, aos filhos, às tias, aos primos e aos santos, numa assembleia presidida pelo arguido Eduardo Cunha.
A golpada vai ter um preço

4 comentários:

José Lopes disse...

E para um suspirar por um torturador, o que diz bem da qualidade de alguns políticos que por lá estiveram...
Cumps

Suzete Brainer disse...

Um cenário ridículo com políticos desprezíveis,
um show de horrores, o carnaval dos cínicos!...

Um bandido da pior espécie
presidindo a assembleia é de chorar de raiva!...

Rogerio G. V. Pereira disse...

Preço?
O FMI adianta a massa!

Odete Ferreira disse...

Foi (e é) tão confrangedor!
:(