quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

SOBERANIA DO ESTADO DESAFIADA




Carlos Costa nomeado pelo sistema assume-se agora como irrevogável como independente no Banco de Portugal.
Entretanto 1º ministro, Parlamento e tudo indica Marcelo já lhe retiraram a confiança institucional.
Carlos Costa ainda não se demitiu e assim desafia os órgãos de soberania. Falta acionar os Tribunais.
O país está a ser lesado pelo esbulho do sistema financeiro e Carlos Costa desafia a soberania do Estado.

9 comentários:

Anónimo disse...

Será que podemos vir a ver este senhor responder pelos seus actos?
Abraço do Zé

luis tavares disse...

Demissão ou Custóias...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Antes de sair ainda tem de passar a carta de recomendação ao Relvas.

anamar disse...

As teias das leis... Verdadeiros emaranhados.

Abraço "lungo"

Obtuso disse...

...um "trengo"...protegido por um sistema de bácoros...

Emília Pinto disse...

Olá amigo. Antes de mais, obrigada por teres visitado o Começar de Novo. Espero que tenhas gostado e voltes mais vezes. Voltarei aqui com toda a certeza. Quanto a este senhor, duvido que se demita. Ganha uma verdadeira fortuna e não "vai largar o osso ", como se costuma dizer. E a União europeia tem que começar a ouvir uns " não " para ver se não desmorona esse tão desejado " espirito europeu" Penso que dele já nada existe, mas...enfim..
Um bom fim de semwna e até sempre. Um beijinho
Emilia

jrd disse...

Ele está a ganhar tempo, resta saber para quem.

Laura Santos disse...

Parece que só poderá ser demitido se tiver cometido uma falha verdadeiramente grave...Terá de deixar falir a Caixa Geral de Depósitos, e ficar a assobiar para o lado.
Obrigada pela visita ao meu blog.
xx

Rogerio G. V. Pereira disse...

Salva-o a dupla nacionalidade
o gajo também é portuxelês, topas?