quinta-feira, 27 de agosto de 2015

JERÓNIMO DE SOUSA REFERÊNCIA IMPOLUTA




Na defesa dos valores sociais das amplas liberdades e profundo humanismo, 
dignidade ideológica, prática institucional, memórias e amanhãs no respeito pela diferença, 
sem arrogância mas firme, 
Jerónimo de Sousa expôs com simplicidade um pensamento colectivo, um projecto complexo de vida democrática para o país.
Uma referência impoluta.


 

7 comentários:

Majo disse...

~~~
Precisávamos de uma classe política com o seu carácter,
mas com habilidade
para construir pontes de entendimento e alianças...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Rogerio G. V. Pereira disse...

Quem o ouve, gosta
Mas nem sempre vota

Será desta!

jrd disse...

Um Homem que é uma lição de vida. Uma referência do presente, apontada ao futuro.

heretico disse...

um rosto sereno e determinado que se impõe como símbolo...

abraço

Teresa Durães disse...

Não assisti.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Vi a entrevista e gostei.
Mas lamento que o PCP nas autarquias já tenha
feito alianças com o PPD/PSD, como na m/terra,
Alhos Vedros.
Um abraçao amigo.
Irene Alves

José Lopes disse...

Será que é desta que este povo sofrido deixa de votar nos mesmos de sempre?
Cumps