quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

NO SILÊNCIO TODOS OUVIRAM



Não acredito que António Costa tenha dito o que não disse 
muito menos que tenha pensado dizer o que não pensou 

mas ... no silêncio das palavras todos ouviram o que pensou. 

 

5 comentários:

jrd disse...

Este não é o silêncio dos inocentes.

EU disse...

Nada é inocente...
Infelizmente!

Pintor de Palavras disse...

Este é o silêncio de quem, passando a vida em funções de Secretário Geral do P.S., continua a receber "uma pipa de massa" por ser Presidente da C.M. de Lisboa.
Dá uma ideia clara do que fará como primeiro ministro.

Zé Povinho disse...

A alternância não é solução, como se percebeu pelas palavras do Costa. Só mudamos com rupturas por muito dolorosas que sejam, como está a acontecer na Grécia...
Abraço do Zé

maceta disse...

talvez seja bom que ele reveja os conceitos...