terça-feira, 27 de maio de 2014

A DIREITA NO DESGOVERNO AGRADECE





É verdade que a cumplicidade da troika nacional tem castigado o país.
O PS fragmentado em luta interna tenta separar as águas enquanto recordo o tempo de Mário Soares e Salgado Zenha.
Desta vez seria bom (?) que as famílias não sangrassem - sendo certo que lideranças bicéfalas não são lideranças - são chefias condenadas à derrota.

A direita no desgoverno agradece.

11 comentários:

Observador disse...

Lideranças bicéfalas.
Veja-se o caso do Bloco de Esquerda.

Zé Povinho disse...

Vitória de Pirro, trabalhos redobrados...
Abraço do Zé

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ainda está tudo muito embrulhado para fazer previsões, mas o nervoso miudinho da direita, parece-me de bom augúrio

anamar disse...

Veremos onde esta guerra vai parar...

Boa lembrança A de Zenha/Soares.

:)

maceta disse...

mas, que grande favor à parelha do governo...

Teté disse...

Discordo. Seguro não vai a lugar nenhum, antes alguém que dê outro rumo o PS e à oposição...

jrd disse...

Vai ser giro! O Seguro tem a(s)Costa(s)larga(s).

trepadeira disse...

Separar as águas, poderá? Correm no mesmo rio.

Abraço,

mário

lino disse...

O Tozé não se enxerga!
Abraço

heretico disse...

os umbigos inflamados cegam as ideias...

abraço

EU disse...

Prefiro que as águas se agitem do que permaneçam em estagnação. Esperar para ver.