segunda-feira, 25 de novembro de 2013

EANES UMA REFERÊNCIA DO DESCALABRO




O 25 de Novembro/75 foi um dos passos para o que se vê, pelo que todos os colaboradores hoje bem instalados, calam-se, falam baixinho ou gritam em desfavor do descalabro que ajudaram a construir.
À falta de democracia, esmagado o Estado de direito e da justiça social, com permanentes ataques miseráveis à Constituição - presta-se  um tributo a  um cidadão, outrora fardado e que hoje frequenta padrinho - casamentos e baptizados.


8 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Lapidar!

jrd disse...

Começou a fechar as portas que Abril abriu.

trepadeira disse...

Os padrinhos são sempre bajulados pelos afilhados, quanto mais padrinhos são, mais afilhados têm.

Abraço,

mário

heretico disse...

um jarrão a enfeitar o altar da Pátria - que não tem culpa dos filhos que dá à luz...

abraço

oasis dossonhos disse...

que não,que nunca iria à homenagem dos afilhados, o impoluto! Mas afinal, havia ostras!

Abraço

LFM

Anónimo disse...

É muito difícil ser padre nesta paróquia! Cometeu erros!? Quem os não comete!? É honesto e sério, pelos vistos coisas de somenos. Evitou que este país caísse numa Guerra Civil em Novembro de 75!? Coisa de somenos também...Termino como iniciei: é muito difícil ser padre nesta paróquia...

O Puma disse...

Estimado anónimo

"oremos"

maceta disse...

e não quis ser marechal...