sexta-feira, 8 de novembro de 2013

A COREOGRAFIA DO TROCADALHO





Coabitando num divórcio patético Cavaco cúmplice do descalabro nacional aposta num bando abrangente - mas tem uma dúvida existencial.
Continuar desgraçada mente a apoiar a energúmena tribo ou forçar a velha alternância.
Cavaco quer limpar-se, fraco e frágil, mas está dependente e indeciso perante a coreografia do trocadalho.

5 comentários:

jrd disse...

Mas parece que alguém lhe está a estender o guardanapo. Seguramente...

lino disse...

Nunca vai conseguir limpar-se e vai ficar na história como o presidente mais rasca que o país teve!
Abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Vai forçar a velha alternância! O "palhaço-pobre" quer entrar na palhaçada

Maria Eu disse...

Trocadalhos do carilho mas nós é que nos tramamos!!

Maria João Brito de Sousa disse...

Um dos meus grandes/pequenos consolos é ter a certeza de que ele vai ficar muito, muito mal, na fotografia da História...