quarta-feira, 30 de outubro de 2013

PAULO PORTAS O TARTUFO DE SERVIÇO





Sistematicamente adiadas as 112 páginas agora exibidas de reforma do Estado, são tão só um guião eleitoral que impõem a revisão constitucional - uma treta sem calendário, uma coisa com olhos vesgos.
Portas - o tartufo de serviço - promete amanhãs miseráveis - mas para já, impõe cortes retroactivos sem respeito pelos direitos adquiridos num Estado de direito.
Para desviar atenções desta coisa, o coiso lançou na opinião pública a limitação de cães e gatos por assoalhada.

Esta canalha desqualificada estimula a violência da gente de bem.

9 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Um nojo de criatura!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Desde que esteja no centro das atenções, Portas não se importa nada de fazer figura de pateta. Não sei é se o Seguro gosta da concorrência...

trepadeira disse...

Há muito que estão a pedi-las.

Abraço,

mário

Vieira Calado disse...

Se as reformas dos cidadãos são que são...
o que não será a desgraça da reforma do Estado?
E que vai pagar?
O cidadão!
Um abraço!

José Lopes disse...

O irrevogável que se revoga como lhe dá jeito... É apenas mais um mentiroso numa pandilha que já nem sabe o que é a verdade nem sabe o que é o respeito pela palavra dada.
Cumps

Zé Povinho disse...

A verdadeira reforma do Estado seria correr com as clientelas que eles lá colocaram, e isso eles nunca o fariam...
Abraço do Zé

heretico disse...

... e glorioso reclama a "restauração" da Pátria - defenestrem-no!!!

abraço

anamar disse...

Só passo a deixar um abracinho...

Tudo me repugna e faz adoecer. Mal da gentalha que nos mata.4

:(

maceta disse...

quem paga com o corpo é o povão por causa de estas nódoas respirarem...