sexta-feira, 2 de agosto de 2013

NÃO MORRAM NA PRAIA




Cavaco na Praia da Coelha
Coelho na Manta Rota
Portas com 3% a dirigir o país
Mais de 50% dos eleitores de perna esticada na abstenção.

Pelas piores razões - a realidade ultrapassa a ficção.
Que fazer?
Esgrimir contra ventos e marés.
Não é fácil mas é estimulante, desde que não se morra na praia.


8 comentários:

São disse...

Ainda há praia??

Fica bem

trepadeira disse...

Coelhos e coelhas, mesmo na praia, só pode dar mau resultado, se não morrerem na praia.

Abraço,

mário

jrd disse...

Vamos pois enfrentar as marés vivas!

Ana Tapadas disse...

Simples e contundente! Esta é a triste realidade!

Bjs

GL disse...

Haverá boia que nos salve?!...

heretico disse...

agitemos as ondas...

abraço

maceta disse...

este Paulo deve estar a rebentar de regozijo e a pensar que não é a maioria que dá o poder...para já está a conseguir.

Rogério Pereira disse...

Estou a treinar com prancha...