sexta-feira, 15 de março de 2013

ESTÃO A DESMANTELAR O ESTADO DEMOCRÁTICO




O P.S. convidou o P.C.P. para um encontro nas autárquicas. O P.C.P. convidou p P.S.
para um encontro olhos postos numa alternativa de governo.
O P.C.P. entende por bem que as autárquicas têm um vínculo personalizado.
O P.S. entende que para a queda do governo não está disponível - e assim...
está em curso o desmantelamento do Estado democrático.

O caldo da indignação geral e pacífica está cada vez mais insuportável
tende para se tornar violenta.
É urgente demitir o desgoverno

Que chovam relâmpagos nesta paz podre.


11 comentários:

São disse...

A Esquerda portuguesa é toda ela uma tragicomédia!!

E nós é que estamos aqui a sofrer na pele todos os desmandos desta canalha de Direita.

PSD fez o pleno: um primeiro-Ministro a destruir deliberadamente o país e um Presidente a assistir de cátedra!!

Só temos que agradecer a quem votou nestes bastardos e a quem se absteve!

jrd disse...

Se choverem relâmpagos a paz podre fica bem à vista e então pode haver guerra....

Graça Sampaio disse...

E não se vêem saídas para esta m....!
Já não se aguenta!

Rogério Pereira disse...

Relãmpagos? Raios e coriscos...

Pedro Viseu disse...

Também concordo! A abstenção é o maior dos males. Quando o Povo, nas urnas, se demite de traçar o seu próprio destino, então é caso para dizer que a Democracia está moribunda.

trepadeira disse...

E raios-que-os-partam.

Um abraço,
mário

lino disse...

Tem de ser algo mais do que relâmpagos!
Abraço

Lídia Borges disse...


Difícil de aceitar, esta divisão, estes desencontros que só favorecem a continuidade insuportável e intolerável deste estado de coisas.


Um beijo

Branca disse...

Já nem sei que dizer, nem os optimistas resistem, tenho uma dor instalada, ou nos unimos todos ou o caldo está entornado.

Beijos

heretico disse...

pantomineiros e patominices...

... o circo/circulo continua.

abraço

Zé Povinho disse...

Os partidos que têm partilhado o governo não querem alterar o status quo que lhe vai garantindo alternaância no poder, e por isso o sistema partidário vai apodrecendo, fazendo com que os cidadãos deixem de confiar nos partidos todos.
Abraço do Zé