terça-feira, 8 de janeiro de 2013

" ESPIRAL RECESSIVA "





A " espiral recessiva " não se combate com manifestações espontâneas -

mas também - em torno de questões concretas localizadas
de modo a construir e alargar opiniões públicas
combater a indiferença e o medo.

10 comentários:

Maria José Meireles disse...

Medo de quê?

jrd disse...

Dizes bem! Importa inverter a espiral.

O Puma disse...

Maria José Meireles

Na sê.

anamar disse...

Sim... pois como se diz lá no meu "mastro", Serenidade não é indiferença.

Beijo grande

Rogério Pereira disse...

Isso!
Acabar com a espiral REGRESSIVA
É preciso!

Já!

Maria José Meireles disse...

Já vi alunos com mais medo do diretor que de morrer. Quando os confrontei, ficaram sem resposta. Nem "Na sê" disseram...

O Puma disse...


Maria José Meireles

Ninguém quer morrer
mas em vida os pais dos alunos
não querem desemprego nem emigração dos filhos
e para tal terão de lutar sem medo
participar contra a indiferença

Maria José Meireles disse...

Mas não querem desemprego nem emigração dos filhos de quem? Será que é dos meus :)

lino disse...

Medo de alguns, indiferença de muitos, resignação de outros tantos!
Abraço

maceta disse...

esperemos que eles tenham força para fugir quando a espiral estoirar...