quarta-feira, 12 de setembro de 2012

VIVEMOS UMA DITADURA DE NOVO TIPO?





Com maioria esmagadora o ventríloquo Gaspar, montado num 1º ministro faz de conta insiste agravar o menu imposto, tenta um lugar no mercado quando deixar o país completa  mente de rastos e em chamas.
Esta quadrilha já nem serve o grande merceeiro Belmiro.
Estamos perante um assalto aos bolsos de quem trabalha, um atentado sem pudor ao mínimo quoeficiente de inteligência das pessoas.
Um presidente, um desgoverno, um parlamento -
de facto - vivemos uma ditadura de novo tipo? ?



12 comentários:

lino disse...

Claro que vivemos. Eu nisso não tenho dúvidas!
Abraço

trepadeira disse...

As ditaduras sempre caiem,está não será excepção,cairá,a bem ou a mal.

Um abraço,
mário

Maria José Meireles disse...

http://anapaulafitas.blogspot.pt/2012/09/mais-vale-prevenir.html#comment-form

jrd disse...

De novo tipo mas com velhos hábitos.

Rogério Pereira disse...

Hoje perdi o tino
e, por falta de gato,
venho falar com este outro felino. Sabes, pá?,
já perdi a conta ao que só tiram a mim,
a redução da pensão,
o IRS, o aumento do IMI,
o combustível, a electricidade,
o custo para ir à cidade
o imposto do tabaco
e o IVA da comida pró gato...

E agora
imagino o que vai por aí fora...

Acho que os ditadores do poder
Nem sabem como chamar ao regime

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Esta quadrilha não serve o Belmiro, nem a esmagadora maioria dos empresários. Apenas os seus próprios interesses e os dos grupos financeiros.
Duvida que serão recompensados por isso, que é a única coisa que lhes interessa?

Rita Freitas disse...

Como alguém disse um dia: "a porcaria é a mesma, só mudaram as moscas"

Abraço

Zé Povinho disse...

Esse fulano anda a bater-se a um lugar nas instituições financeiras internacionais (europeias) onde seria escandaloso colocar mais um alemão. Com este tipo de atitude , seguidista e obedecendo à voz do dono, é um putativo candidato, basta ler a imprensa económica internacional.
Abraço do Zé

maceta disse...

há que lhe partir a cadeira...

São disse...

Vivemos uma ditamole, com a cumplicidade activa de quem não vota e de quem elege ladrões já condenados em Tribunal!!

Nos encontraremos logo, presumo, em Lisboa pelas 17H

Até já.

Justine disse...

Sim, vivemos numa ditadura de gangs criminosos, que nada respeitam para atingirem os seus fins!

BRANCAMAR disse...

Sem dúvida que vivemos numa ditadura de outro tipo, há muito, vem-se desenhando há alguns anos e mostra vada vez mais os dentes, a indiferença e a insensibilidade aos problemas dos mais desfavorecidos.

Beijos
Branca