segunda-feira, 28 de maio de 2012

COELHO OU CORTA OU PASTA NA RELVA


Parece não se tratar de um crime penal mas não é menos grave o atentado político que Passos Coelho tem de avaliar e decidir - pelo amigo ou pelo governo - sendo certo que não será fácil ao chefe demitir o líder.

Ou corta ou pasta na Relva.
Ou continuará o país agachado aos dois.

Ao quisto chegou.

10 comentários:

BRANCAMAR disse...

Se o país maioritáriamente humilhado não se agachasse, cortavam-se os dois.

Beijos
Branca

Generosa de sousa disse...

o burro anda de óculos escuros...vê relva,mas é palha...
que arda

Belos e Malditos disse...

a gente nunca sabe como a história acaba, promiscuidade política é mato, corrupção ajuda, voto que vamos continuar agachados aos dois, a menos que haja uma intervenção divina.

fui :)

antónio m p disse...

«ou corta ou pasta» é bem apanhado. Já ao "quisto" ganharia em ser ao qu'isto para o caso de alguma criança ficar na dúvida sobre como se escreve. Mas talvez as crianças não andem a ler disto.

jrd disse...

Com o Coelho a pastar neta relva, até o gado foge assustado...

Rogério Pereira disse...

O drama mais dramático
é que, mesmo sem estes dois coisos
há o risco de permanecermos acocorados aos... três

trepadeira disse...

Como,às vezes,as pernas já não ajudam prefiro o cajado para resolver estas coisas.
Seguindo o ditado popular.

Um abraço,
mário

maceta disse...

vai ser curiosa a decisão...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Num país decente Relvas já estaria na rua há muito tempo. Não pelas pressões, mas pelas aldrabices que disse no Parlamento.

anamar disse...

Qualquer dia há perigrinações ali para os lados da barragem da Aguilheira...
Os ultimos quase 30 anos de pós 25 de Abril começam a ficar em causa com tanta porcaria.

É demais, amigo.
Abracinho pró triste :((