quinta-feira, 1 de março de 2012

RELVAS - QUE DEMOCRACIA É ESTA?



Sem um pensamento imobilista estou de acordo com uma reorganização territorial e administrativa do aparelho do Estado.
Sempre defendi a urgente regionalização do país , a autonomia do poder local, a reformulação das áreas metropolitanas ...
Outra coisa é este desgoverno, olhos cegos na proposta da troika nacional - impôr a extinção das Juntas de Freguesia (que representam uma décima do O.E. ) a diminuação da capacidade de intervenção popular, o enfraquecimento do exercício da democracia de proximidade.

Relvas impõe um mapa de extinções e só depois sugere diálogo institucional.
Que democracia é esta?

8 comentários:

Vítor Fernandes disse...

Quero, posso, mando. O livro de reclamações está ali à saída da porta...
Triste país, o nosso.

anamar disse...

Há pouco, quando na TV o vi na Assembleia, tinha ar de cão "rotevailer"...
Até roía as nhas.
Nojo
.((

Rogério Pereira disse...

Trata-se uma politica coerente
Se já não lá está a escola
Se já lá não está a farmácia
Se já lá não está o Centro de Saúde
Se já lá não está o posto de correios
Porque raio havia de lá ficar a Junta?

A desertificação é muito mais barata
e depois de acontecer resta pouco para discutir...
É nessa hora, que se dialoga

M. disse...

Democracia, onde?


Beijo.Me

jrd disse...

O Relvas está a precisar de ser cortado rente,

lino disse...

Democracia de fachada!
Abraço

Pata Negra disse...

Mesmo que eu desconhecesse qualquer membro do governo, qualquer atividade do mesmo, ouvir durante um minuto Miguel Relvas, seria suficiente para poder concluir que se trata realmente dum péssimo governo.
Um abraço sem Relvas no meio

maceta disse...

já o outro disse, a propósito deste cianeto, " é um colossal erro de casting"...