segunda-feira, 26 de março de 2012

ÓBVIA MENTE



Após um congresso atrapalhado - Assunção Cristas rejeita privatizar as Águas de Portugal - com um "pequeno" pormenor
"só" vai permitir concessionar tudo a privados.

Óbvia  mente.

11 comentários:

São disse...

Devo estar com uma ataque de estupidez agudo: qualq diferença?!

Boa semana

lino disse...

Mente, mente, óbvia mente!
Abraço

Rogério Pereira disse...

Para além da mentira, há muitas outras maneiras de mistificar a verdade...

Isa GT disse...

Os portugueses nem imaginam o que os espera nesta privatização da água... além da água mais cara, fecham fontes e fontanários, quem tenha poço paga imposto e dos grandes... claro que neste momento ninguém acredita nisto... mas fica aqui registado... e depois veremos se eu não adivinho coisas ;)

Bjos

jrd disse...

Já chegaram as "andorinhas"? Mesmo com a seca?...

mfc disse...

Que tristeza!!!

Pata Negra disse...

Onde vivo, as águas já foram privatizadas há uns quinze anos à General des eaux - serviços de instalação muito mais caros; as mesmas infraesturas criadas no tempo do público a rebentar pelas costuras e a aguardar investimento público; a câmara a desresponsabilizar-se repetidamente dos maus serviços; funcionários da câmara (não sei bem como) a trabalhar para a empresa; facturas que ninguém entende; lucros! lucros! na exploração de um bem que é de todos e que, por isso devia de ser público! Com tanto sucesso, não admira que seja para implementar em todo o país!
Um abraço pela água

trepadeira disse...

Pode ser que se afoguem antes.

Um abraço,
mário

Peter disse...

Em Lagos (município socialista) onde tenho um pequeno apartamento comprado no tempo do crédito fácil, o tarifário familiar da água foi alargado para 10 m3, mesmo estando desabitado, como é o caso do meu, onde por motivos diversos, não vou desde Setembro.

Quase que chego a ter saudades do sr Sócrates...

heretico disse...

privatiza os lucros. como sempre...

abraço

maceta disse...

cheira mesmo a incompetente...