quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

MANSOS NO PODER SÃO INTRAGÁVEIS




Desta vez seremos nós os bafejados na recepção aos amigos.

Será um convívio fraterno a trinchar coelhos bravos
- os mansos no poder são  intragáveis -
mas não podem continuar à solta

estão a minar o país

15 comentários:

Zé Povinho disse...

Estes coelhos são uma praga. Há que exterminá-los.
Abraço do Zé

heretico disse...

prefiro feijoada. de lebre...

abraço

Fernando Samuel disse...

Estão a... «minar-nos»...


Um abraço.

trepadeira disse...

Incinerá-los.

Um abraço,
mário

Marta disse...

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos.
Faço votos que o 2012 nos permita sonhar e concretizar cada um deles.
Um Próspero Ano Novo.

ana disse...

Não podia estar mais de acordo.
Grata pela sua visita e desejo um Bom Ano 2012!

São disse...

Coelho? Desculpa, mas é muito indigesto!

Bom ano, meu amigo.

Justine disse...

A época de caça já começou, mas os caçadores são fracos ou insuficientes...

lino disse...

Estou a fazer greve ao coelho!
Abraço

jrd disse...

Cuidado com as tocas, quer dizer, buracos...

O Puma disse...

Recomendo que não deixem
os coelhos à solta

mesmo que gorgitem

Rogério Pereira disse...

São uma praga
que se reproduz
à velocidade da luz
Mas...
Se lhes acontecer maleita
nem a pele se lhes aproveita

www.amsk.org.br disse...

É tempo de ler as linhas da mãos, com sabedoria e altivez,
com humildade e disernimento.
Se a sorte te visita,
não a deixe fugir,
Se a tristeza te acompanha,
te esforça para recordar os momentos felizes,
a sabedoria sempre encontra o caminho,
a serenidade sempre recobra os sentidos,
a magia sempre ilumina a alma
o céu te protejerá por teto,
as estrelas por manto,
e que a liberdade seja sempre gaiola aberta
a guiar serenamente,
as estradas que se abrem.
Porque são nas linhas da tua mão
que se contam as vitórias,
que se tece o tempo,
que se constroi o presente
que se aprende com o passado
que se colhe o futuro.

FELIZ 2012
COZINHA DOS VURDÓNS

anamar disse...

Mixomatose humana...

Maria João Brito de Sousa disse...

:)) Mansos? Eles são é subservientes!
Mansa sou eu e experimentem lá por-me a troika à frente, a ver se eu não "esperneio"!?