domingo, 4 de setembro de 2011

CAVACO E SOARES NUM FILME DE HITCHCOCK



Quando falam algumas criaturas dá a ideia que ninguém é responsável por nos terem metido - nesta -  europa.
Quando falam algumas criaturas  dá a ideia que o tempo das vacas gordas era um estímulo para abatê-las.

Quando se ouve Cavaco e Soares parece que estamos num filme de arrepios

e estamos - a avaliar ainda hoje pelos olhos da plateia
que ri e treme e aplaude

7 comentários:

Marta disse...

Não sei se é um filme de terror ou de horror!

jrd disse...

Estão bem um para o outro, os passarões.

irlando disse...

Vivemos num "suspense" permanente,como se de uma obra de
Hitscock se tratasse.

Fernando Samuel disse...

E que arrepios!...

Um abraço.

lino disse...

Ao contrário deste filme os de Alfred Hitchcock eram muito bons. Aliás, no The Birds não havia abutres.
Abraço

mfc disse...

Demos a volta a esta Europa continuando a votar á esquerda!

Isa GT disse...

Vamos mesmo viver um filme de terror e sabemos, bem, quem são os culpados...
No filme o suspense era a chegada dos pássaros... por cá, basta saber que o Gaspar vai falar e o coração fica logo a bater mais depressa.

Bjos