segunda-feira, 1 de agosto de 2011

BPN - UM ATENTADO AO PAÍS



O BPN - hipocritamente nacionalizado com 5 mil milhões dos utentes da Caixa Geral Depósitos é agora reprivatizada ao desbarato sem avaliações conhecidas (activos e passivos) a uma estrutura financeira chefiada por um ex-ministro do PSD.


Com a justiça a arrastar-se no julgamento dos arguidos anunciados - uma vez mais os chefes das políticas leberais no poder, colocam o país nas mãos dos mercados especuladores.

O BPN - é um atentado ao país


cúmplice da troika nacional


7 comentários:

anamar disse...

Pagaremos...
Por isso esteve de chuva como se um luto se começasse a fazer.
Abreijoca :))

( Eufrázio a tua letra de blogue está tão miudinha que as vistas mais cansadas, sofrem....
Aumenta mais um pouco... :)) )

Rogério Pereira disse...

Ao quisto chegou!...

(Faço minhas as palavras da anamar.
Para te ler, tenho de ser eu a aumentar...)

:))

O Puma disse...

Na verdade não sei o que se passa

não percebo nada disto

Aqui não consigo há um tempo
aumentar o tamanha da letra nem o negrito - nada

Fernando Samuel disse...

O capitalismo é assim...

Um abraço.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Agora, para disfarçarem e nos levaremn a acreditar que também eles estão perplexos, PSD e CDS pediram uma audição urgente na AR da secretária de estado do tesouro. Grande topete!

Isa GT disse...

BPN vai ser o nosso martírio que nunca mais terá fim, as partes contaminadas não foram compradas e, quando começarem a privatizar o que na CGD dá maior lucro como a parte dos seguros... só nos resta, mesmo, as contas para pagar e continuar a atravessar o deserto para, no final... chegar ao Inferno.

Bjos

Isa GT disse...

A propósito da letra... já tentaste quando abres para escrever um novo post, no canto superior esquerdo escolher outro tipo de letra?

Bjos