quarta-feira, 10 de novembro de 2010

GREVE GERAL SEM PESTANEJAR



Na encruzilhada maldita com vista para o precipício em que as políticas neo-liberais mergulharam o país há quem advogue a remodelação do desgoverno -
isto é a permanencia de Sócrates com uma nova farpela.

Veremos as consequências da GREVE GERAL que desejo possa contribuir para abrir os olhos - não ao poder enfeudado - mas ao povo que o sustenta.

9 comentários:

smvasconcelos disse...

Esta é a nossa arma! Que ninguém falte dia 24 ao protesto contra as políticas vigentes.
bjs,

opolidor disse...

sem hesitações...

Zé Marreta disse...

Greve geral até ao Carnaval!

Saudações.

heretico disse...

a luta continua!...

abraços

São disse...

Se estivesse ainda no activo, faria greve, sen dúvida!

Assim, só posso ir a manifestações e ir denunciando nos meus espaços o que conheço.

Uma serena noite.

César Ramos disse...

Há muito que não escrevo esta frase:

«A LUTA CONTINUA... GOVERNO PARA A RUA!»

Comungo da Opinião de que a Greve Geral vai servir para lembrar ao Povo a força... que nunca deixou de ter!

Ao des(Governo), já nada lhes abre os olhos!

Remodelar coisas podres... nem os santos de pau carunchoso!

Abraço
César

jrd disse...

Sem pestanejar e sem vendas nos olhos...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Sem pestanejar e, de preferência, como já alguém sugeriu,com cartazes não só contra o governo, mas também em alemão, contra a senhora Merkel.

Fernando Samuel disse...

Até porque o poder enfeudado não tem olhos...

VIVA A GREVE GERAL!

Um abraço.