terça-feira, 26 de outubro de 2010

O CHEFE DA BANDA




Marcelo não mente(?) quando faz de ventríloquo. Cavaco "revela" o segredo da sua candidatura. Nos bastidores ps/psd preparam o monólogo orçamental.

O país respira mais uma onda de fumo e o chefe da banda, toca ferrinhos, faz um discurso beato, de palha e auto-elogio, num tempo de antena escandaloso.

9 comentários:

Rogério Pereira disse...

Eis senão quando
um cadáver empertigado
pela assistência é
serumbaticamente
ovacionado
Cena de antologia
do filme de terror
a que alguns chamam "Democracia"

CV disse...

O que se poderia esperar de um manequim da Rua dos Fanqueiros?
Abraço
CV

heretico disse...

uma paródia. trágico-cómica!

abraços

jrd disse...

O chefe da banda até tem uma maestrina privativa...

Meg disse...

Mas para que precisa de outdoors?
Não o é já ele?
Outdoor e indoor, pois nos entra pela porta dentro a toda a hora.

tão sério, tão honesto, tão...tão...tão... pretensioso!
Cheira a mofo!

Beijos

trepadeira disse...

A banda,o bandido e os bandalhos.Quando é que já ouvi isto?
Um abraço,
mário

Fernando Samuel disse...

E viva a de-mo-cra-ci-a...

Um abraço.

lino disse...

E, para mais, cheio de tremeliques.
Abraço

smvasconcelos disse...

... além de escandaloso, um tempo de antena propagandístico (sem pôr cartazes, lá está), já (pré) anunciado pelo arauto privado, aos domingos...
bjs,